Dallagnol diz que tudo parece igual desde início da Lava Jato

O procurador da República, Deltan Dallagnol, um dos coordenadores da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou que após três anos do início das investigações tudo parece igual.

Ele criticou a postura de envolvidos na delação dos donos da JBS, Wesley e Joesley Batista, em entrevista à CBN nesta terça-feira (23).

Na visão de Dallagnol, as declarações dos irmãos Batista soam como um desrespeito à população brasileira. Para o procurador, o sistema político nacional está “apodrecido” e precisa de reformas que mudem as condições que favorecem a corrupção. 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas