Polícia estima 3 mil pessoas na greve em Brasília

A baixa adesão à greve geral desta sexta-feira (28), marcada por manifestações, paralisando parcialmente meios de transporte, ruas e vias expressas em alguns pontos e com tumultos observados pelas capitais do país, frustrou expectativa de centrais sindicais. Esperavam alcançar 10 mil pessoas em Brasília, mas segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) a quantidade checou a cerca de 3 mil pessoas na capital brasileira. Por isso, o presidente Michel Temer não deverá fazer pronunciamento de avaliação da greve.

Pelo menos até às 15h45, nenhuma fonte do Palácio sinalizava um posicionamento em cadeia nacional ou nota. Essa última hipótese pode até acontecer no fim dia, ou no máximo um pronunciamento do porta-voz do Palácio.

Os cerca de três mil manifestantes se concentraram na Esplanada dos Ministérios e seguiram para o Congresso Nacional. Isso por volta do meio dia e meia. Mais tarde, o gramado em frente ao Congresso Nacional estava quase vazio, sem a presença de grevistas. 

De acordo com assessoria de imprensa da Presidência, Temer participará de gravação de uma mensagem referente ao Dia do Trabalho, nesta tarde, que será postada nas rede sociais. Deverá ser enxuta defendendo a aprovação das reformas combatidas pelas centrais sindicais.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas