Fogo amigo ajuda criar CPI da Previdência no Senado

Se na Câmara o governo conseguiu reverter a derrota de ontem ao aprovar nesta quarta-feira à noite a urgência na votação da reforma trabalhista, no Senado Federal sofreu um revés.

A criação da CPI da Previdência é resultado do fogo amigo, ou seja, do próprio líder da bancada do PMDB, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). A Comissão foi criada a partir de requerimento do senador Paim.

A CPI já tem titulares e pode ser instalada. São eles: senadores Hélio José (PMDB-DF), Rose de Freitas (PMDB-ES), Paulo Paim (PT-RS), Ataídes Oliveira (PSDB-TO), Lasier Martins (PSD-RS) e João Capiberibe (PSB-AP). O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) informou que ainda está aguardando a indicação do integrante do bloco Moderador.

Os suplentes serão os senadores José Pimentel (PT-CE), José Medeiros (PSD-MT) e Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). As outras duas vagas de suplentes ainda precisam ser preenchidas.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas