Moro diz que caixa 2 é trapaça contra democracia

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, defendeu que o uso de caixa 2 em eleições é um crime contra a democracia. A declaração de Moro ocorreu na Brazil Conference, na Universidade de Harvard, em Boston (EUA),

“Caixa 2 em eleições é trapaça”, ressaltou Moro ao enfatizar os 10 medidas contra a corrupção apresentadas pelo ministério Público Federal (MPF).

O Congresso Nacional foi criticado pelo juiz federal. Segundo ele, quanto às medidas anticorrupção, parlamentares “utilizaram duas ou três medidas mais controversas para desmerecer todo um projeto”.

Em relação ao foro privilegiado, outro tema do momento na política brasileira, Moro foi sucinto.  “Não vejo nenhum problema nisso. Eiu não faço questão nenhuma de ter esse tipo de privilégio”, disse ele, recebendo aplausos em seguida. “Se for para suprimir dos parlamentares  federais, acho justo que suprima dos juízes federais”, complementou.

Para Moro, a revelação de atos corruptos é honrosa, mesmo sendo “fatos vergonhosos”.  Ele acentuou que “não podemos é nos conformar com nossos vícios e nossos problemas”. “Combater a corrupção é uma honra”, concluiu.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas