Alemanha quer multar o ódio pelas redes sociais

Para coibir um fenômeno cada vez mais preocupante – especialmente em ano eleitoral –, a Alemanha se prepara para castigar as redes sociais e os propagadores de ódio onde mais dói: no bolso.

O Ministério de Justiça apresentou um projeto de lei que inclui multas de até 50 milhões de euros (R$ 168,4 milhões) ao Facebook, Twitter e outras empresas que não derem um jeito de eliminar ou bloquear rapidamente mensagens carregadas de ódio ou notícias claramente falsas, segundo informa o El País.

As pessoas responsáveis por propagarem ou não impedirem as mensagens racistas, xenófobas ou instigadoras do menosprezo também poderão ser submetidas a multa de até cinco milhões de euros.

A proposta ainda está sendo revisada pelo Governo antes de ser submetida ao Parlamento.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas