TCU estende prazo para defesa de Dilma sobre contas

O Tribunal de Contas da União poderá receber até o dia 8 de setembro a defesa da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), no processo que apura irregularidades nas contas do governo de 2015. O prazo se encerrava hoje.

O novo prazo foi estabelecido a pedido do relator da matéria, o ministro José Múcio, que atendeu a um pedido da defesa da presidente. A defesa alegou que não recebeu os documentos pedidos a órgãos do governo que dariam sustentação a suposta inocência de Dilma.

José Múcio informou que a Advocacia-Geral da União (AGU) confirmou ao TCU que não conseguiu entregar à defesa da presidente afastada os documentos pedidos e se comprometeu a enviá-los em cinco dias.

“As provas complementares estão fora do poder da presidência, mas ponderando que em breve a AGU solucionará o problema, sumeto a proposta que o prazo de atendimento da defesa seja prorrogado excepcionalmente e em definitivo”.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas