Fique de olho nas tarifas de bancos, só subiram em um ano

Os preços dos conhecidos pacotes de serviços, como anuidade de cartões de crédito e até talão de cheques, tiveram um aumento de 11,5% em um ano em julho.  O que equivale a 2,8% acima do Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A intenção das instituições financeiras é compensar a crise. Há maior dificuldade para quem toma empréstimo honrar com seus compromissos. Os juros escorchantes têm contribuído bastante para agravar a situação.

E por falar em taxa de juros, encontra-se no maior patamar em 10 anos. De acordo com o Banco Central (BC), as provisões do setor bancário chegaram a 6,3% do total de empréstimos em junho, maior nível em cinco anos. Segundo  o BC, ao mesmo tempo a taxa de inadimplência de 90 dias foi de 5,6%, perto de níveis recorde.

Assim o pagamento das dívidas com bancos fica invariavelmente atrasado. Fruto de uma situação recessiva, a pior nos últimos cem anos. E os bancos, como é praxe, de alguém tem que tirar. O próprio brasileiro correntista, claro.. Com informações da Bloomberg.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas