Voluntário que salvou o “bebe milagroso” morre em escombros

Khaled Omar Harrah morreu om 31 anos. Sua história não é conhecida no Brasil, mas Aleppo, na Síria. Quando salvou um bebê de um mês de escombros de um prédio em 2014, um vídeo rodou o mundo.

O menino resgatado, Mahmoud, ficou conhecido à época como o “bebê milagroso”.

As imagens tiveram mais de 1 milhão de visualizações e mostrou Khaled ao mundo, assim como é terrível o trabalho de voluntários na extenuante busca em salvar vidas num ambiente propício à morte.

O herói desconhecido salvou outras crianças dos destroços da guerra civil que assola o país. E morreu na mesma cidade vítima de um ataque aéreo.

Khaled Harrah nunca quis deixaro país – sua mulher e as duas filhas do casal ainda estão no país.

 

“Ele não quis sair e perdeu a própria vida tentando salvar outras. Era um homem simples, honesto, uma grande pessoa”, diz o colega.