Agente petista com a missão impossível

Ele não é o agente 007 dos filmes de ação, mas tem uma missão impossível: tentar reverter voos no processo de impeachment. No linguajar militar, missão dada é missão cumprida, mas essa o ex-ministro Gilberto Carvalho (PT) vai dever.

Carvalho é agora funcionário comissionado do Senado lotado na Minoria, onde está concentrado o esforço e tentar salvar a cabeça da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). A missão, pelo que se diz, foi paga pelo ex-presidente Lula da Silva, o Barba para os mais íntimos.

É enxugar gelo, pelo resultado da votação da abertura do processo. Há duas semanas no cargo, Carvalho tem encontrado dificuldades até para localizar os gabinetes de senadores, observa o jornalista Leandro Mazzini.

Já os ministros palacianos de Michel Temer apostam que o presidente terá de 60 a 63 votos pela sua manutenção.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas