Desaparecem 4,5 mil presentes doados na era Lula e Dilma

A falta de zelo com a coisa pública fez desaparecer 4,5 mil itens recebidos pelos presidentes Lula da Slva e Dilma Rousseff. Nada menos que 716 presentes recebidos oficialmente por Lula e Dilma simplesmente deixaram de ser registrados como patrimônio da União.

A apuração é do Tribunal de Contas da União realizada entre 15 de abril e 15 de julho deste ano, segundo a revista IstoÉ. O acervo que deveria ser patrimônio da União pode ter sido catalogado como de propriedade pessoal dos dois governantes ou, simplesmente sumiram.

O cenário de presentes “perdidos” pode ser ainda pior dada à bagunça no registro desses itens. O documento do tribunal classifica como “frágil” e “não confiável” a classificação feita pela Diretoria de Documentação Histórica da Presidência (DDH/PR). 

O TCU informa que dos 731 regalos registrados neste período e destinados aos presidentes petistas, apenas 15 itens foram incorporados ao patrimônio público.

Desse total, 568 mimos foram endereçados ao então presidente Lula, mas apenas nove deles tiveram o acervo público como destino, ou 1,58%. Outros 163 foram encaminhados aos cuidados de Dilma, porém somente seis viraram bens da União.

Não fazem parte desse montante cerca de mil outros itens, que foram identificados como de natureza museológica, de cunho pessoal (como grã-colar, medalhas personalizadas) e os considerados de consumo direto do presenteado, como boné, camiseta, gravata, chinelo, perfume etc..

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas