Itália: lei quer proibir dieta vegetariana para crianças

Um projeto de lei em discussão no Parlamento da Itália defende condenar à prisão pais que imponham uma dieta vegana aos filhos.

De acordo com a proposta – de autoria do partido de centro direita Forza Italia e ainda não votada -, esse tipo de dieta “é desprovido de elementos essenciais para a saúde e o crescimento equilibrado das crianças”.

Pela proposta, pais que não cumprirem com a regra poderiam ser condenados a 12 meses de prisão, que podem chegar a quatro anos caso a criança sofra de doença ou lesão permanente e a seis anos em caso de morte.

A medida foi apresentada depois de quatro casos de má nutrição infantil terem resultado, no último ano e meio, na hospitalização de crianças italianas que seguiam dieta vegana.

Ao mesmo tempo, vários órgãos, como a Associação Americana de Nutrição, afirmam que as dietas veganas são apropriadas para crianças, desde que sejam tomados cuidados para garantir que elas recebam uma ampla variedade de nutrientes necessários, especialmente a vitamina B12.

Alguns médicos acreditam que os pais de algumas das crianças que foram hospitalizadas podem não ter entendido como complementar uma dieta vegana de modo seguro.

Segundo a agência Reuters, o projeto de lei será discutido por comitês parlamentares antes de ir a plenário, o que deve acontecer ainda neste ano.

Nesse período, outros três projetos rivais estão em discussão – todos propõem tornar opções veganas e vegetarianas mais comuns nas cantinas italianas. As informções são da BBC Brasil.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas