Sobrinho de Lula diz sobreviver catando sucatas

O sobrinho do ex-presidente Lula da Silva, o empresário Taiguara Rodrigues dos Santos, disse que está coletando sucatas para sobreviver.  Ele chega a arrecadar cerca de R$ 10 mil mensais, segundo o próprio Taiguara.

O empresário é investigado pela Polícia Federal e Ministério Público Federal por suposta intermediação irregular de recursos ilícitos. Taiguara teria sido parceiro do filho do ex-presidente em tentativa de prospecção de negócios em Cuba.

Taiguara também foi personagem central numa misteriosa negociação com a Odebrecht, na África através da empresa de energia Enxergia Brasil. Nesta empresa disponibilizou R$ 1,5 milhão em capital, que não sabe explicar como isso aconteceu.

De acordo com a Veja, que fez as primeiras denúncias sobre o esquema entre a Enxergia e a Odebrecht, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal estão apurando todas as estranhezas no súbito enriquecimento de Taiguara – e quais as relações disso com Lula. “Não é difícil enxergar as diversas inconsistências na narrativa apresentada e concluir que toda a inexplicável prosperidade financeira de Taiguara e seus contratos milionários com a Odebrecht constituem, na verdade, favor e meio indireto adotado pela Odebrecht para retribuir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelos serviços prestados”, diz a PF.

O advogado de Taiguara, Fábio Rogério de Souza, nega o envolvimento de seu cliente com irregularidades.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas