Japão também vai construir uma vila olímpica de luxo

Depois de 56 anos de sediar as Olimpíadas, Tóquio vai receber atletas e turistas do mundo inteiro em 2020. Os preparativos já começaram e, assim como no Rio de Janeiro, uma polêmica aguarda os japoneses.

No Brasil, a Vila Olímpica foi construída para receber famílias de classe alta após os jogos. Cada apartamento deverá ser vendido acima de R$ 1 milhão. Assim, o condomínio de luxo afasta as classes mais pobres desse “legado olímpico”.

A Vila do Japão também será de alto luxo. Nos Jogos de Londres de 2012, lembra a BBC Mundo, parte dos apartamentos foi reservada para população de baixa renda após o final da competição.

A exemplo do que está planejado nos Jogos do Rio de Janeiro, a Vila dos Atletas da Olimpíada de Tóquio, daqui a quatro anos, também deverá ser transformada em condomínio de luxo, sem espaço para moradias sociais.

Segundo Masa Takaya, diretor de comunicações do Comitê Tóquio 2020, a ideia é transformar o complexo em uma “região icônica da vida urbana de Tóquio”, voltada a “apartamentos de luxo, como no Rio de Janeiro”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas