Paulo Bernardo, do PT, é denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro

O ex-ministro Paulo Bernardo foi denunciado nesta segunda-feira pelo Ministério Público Federal em São Paulo acusado dos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Custo Brasil, que investiga supostas irregularidades no Ministério do Planejamento.

Além de Bernardo, outras 19 pessoas também foram denunciadas no âmbito da Custo Brasil, que é um desdobramento da operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção na Petrobras.

Bernardo, que foi ministro dos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente afastada Dilma Rousseff, é acusado pelo MPF de receber recursos de propina de uma empresa contratada pelo Planejamento para gerenciar os empréstimos consignados de servidores públicos federais.

“Segundo apurado pelo MPF, Polícia Federal e Receita Federal, Paulo Bernardo participava diretamente da operação. Ele… continuou a receber a sua parte mesmo como ministro das Comunicações”, disse o MPF em comunicado.

“Email apreendido no bojo das operações mostra que ele era tratado por um dos integrantes do esquema como o ‘patrono’ da organização”, acrescenta a nota. (Da Reuters)

 

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas