Crime coloca de joelhos um dos menores estados do Brasil

Estado com 3,4 milhões de habitantes, o Rio Grande do Norte vive uma situação de calamidade pública por conta de ações de criminosos desde sexta-feira. Presos acantonados nos presídios determinaram ataques a civis, provocando uma onda de indignação.

A situação é tão grave que o governador Robinson Faria solicitou o apoio das tropas do Exército para garantir a segurança da população.

“Desde ontem, tenho mantido contato com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, com o ministro da Defesa, Raul Jungman e com a direção nacional da Polícia Federal. Aqui, todas as forças de segurança permanecem em total atenção para retomarmos a normalidade. Estou no aguardo da liberação das tropas pela Presidência da República”.

Em nota, a Justiça Federal espera que “este triste episódio de nossa história será superado e de que a paz será restabelecida”.

A falta de cuidado com a segurança pública, já provocou situação semelhantes em outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão, Paraná, para citar alguns. Sobra para a população, que não tem a quer recorrer.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas