PSol e PSDB concorrem com chapa pura à prefeitura de São Paulo

Aos poucos o quadro político para as eleições municipais vai se desenhando. A principal capital o país, São Paulo definiu hoje quatro importantes candidaturas. A última delas foi a da deputada federal Luíza Erundina, pelo PSol. Seu vice será o também deputado federal Ivan Valente.

O PT vai tentar a reeleição do professor Fernando Haddad. Seu vice também será um professor,  o ex-peemedebista Gabriel Chalita (PDT). No palanque de hoje estavam o ex-presidente Lula da Silva e o também candidato à presidência da República em 2018, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

O empresário e apresentador de TV João Dória Júnior vai concorrer pelo PSDB, tendo como vice o deputado federal Bruno Covas. A chapa pura tucana aconteceu depois e uma série de discussões que quase divide o partido.

O deputado federal e apresentador de TV Celso Russomano, do PRB, ainda não encontrou seu vice.

Já a senadora Marta Suplicy, que foi prefeita pelo PT, deverá concorrer pelo PMDB. O vice pode ser Andrea Matarazzo, do PSD. Nos bastidores ela é apoiada pelo senador José Serra, do PSDB.

São Paulo possui 8,6 milhões de eleitores. É muito mais que 23 estados. Somente o estado de São Paulo detém 22% do eleitorado nacional, com 31,2 milhões de eleitores.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas