Cunha afirma que críticos perderam “boquinha”

O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disparou contra o presidente em exercício da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA). Supostamente Maranhão seria um aliado seu diante de ações que o beneficiaram em diversas ocasioões no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

Na saída da reunião da Comissão de Constituição e Justiça, que analisa um recurso seu para invalidar a votação no Conselho de Ética, Cunha disse que “temos um presidente (Maranhão) a serviço do PT, de Dilma e de Lula”.

Ouça o áudio da entrevista postado ao lado

“E tem uma falta de ética e que, graças a Deus, vamos eleger um novo presidente”. Definiu a administração de Maranhão como uma “interinidade bizarra”.

Sobrou também para seus adversários que, segundo ele, “perderam suas boquinhas” e que por isso “reagem dessa maneira”.

Sobre seu processo na CCJ não quis comentar ou prever qualquer resultado, mas disse que “está eivado de irregularidade”. “O lado legal não pode ficar subalterno ao lado político. Eu não estou satisfeito com o parecer.”

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas