Marcelo Castro diz que está no segundo turno

A candidatura do deputado Marcelo Castro, do PMDB do Piauí, provocou um reboliço no início da tarde na Câmara. O nome foi indicado pela bancada, mas o parlamentar disse no final da noite que ainda não conversou com o presidente interino Michel Temer. “Ele sabe que sou candidato”, resumiu.

Assista a entrevista no vídeo ao lado

Na entrevista aos jornalistas, o ex-ministro da Saúde, que votou contra o impeachment de Dilma Rousseff (PT), afirmou que está atrás “de vários outros partidos que não lançaram candidatos. Se o PP não lançar candidato, também vou conversar. Seria deselegante procurar partidos que já lançaram candidatos. Quem não tem ou que pode desistir, estou aberto a dialogar com todos”.

Segundo ele, “elo que estou sentindo, eu estou no segundo turno. Eu acho que nós temos uma expectativa de chegar no segundo turno”.

“Eu fui ministro indicado pela bancada do PMDB na cota do partido no governo da presidente Dilma. Como fui ministro, tinha que votar contra o impeachment, sob pena de me desmoralizar publicamente”, justificou.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas