Falta de combustível da Venezuela arrasta Cuba para crise

A crise econômica da Venezuela, que enfrenta a falta de produtos básicos, também está arrastando Cuba para o buraco econômico.

A Venezuela reduziu o fornecimento de combustível para Cuba, provocando um efeito cascata que atinge o consumidor. O problema é tão grave que o próprio presidente-ditador Raúl Castro  sentiu o golpe num discurso na Assembleia do Poder Popular.

Os acordos de Cuba com a Venezuela para a importação de petróleo a preços preferenciais são do começo dos anos 2000. A ilha recebeu durante anos mais de 100 mil barris de petróleo diários.

O El Pais registra em reportagem que hoje, com seu parceiro em uma profunda crise pela queda global dos preços do petróleo e sua deterioração político-institucional, a entrega caiu significativamente.

De acordo com os dados da agência Reuters, no primeiro semestre de 2016 a queda foi de pelo menos 20%.

O Produto Interno Bruto cresceu 4,7% no primeiro semestre de 2015, um número relevante, mas insuficiente para as necessidades de aceleração da deteriorada economia da ilha.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas