Messi e o pai condenados a 21 meses de prisão por fraude fiscal

O craque Neymar, do Barcelona, e seu pai. Neymar da Silva Santos, que se cuidem. Um tribunal de Barcelona condenou Lieonel Messi, atacante do Barcelona, e o seu pai, Jorge Horacio Messi, a 21 meses de prisão por fraude fiscal.

De acordo com o site português  Publico, o futebolista e o seu pai foram acusados de terem prejudicado o estado espanhol em 4,1 milhões de euros.

Já Neymar reforçou no início do mês o discurso de que a acusação de sonegação e fraude fiscal não interfere em campo, seu principal foco. Além disso, ele saiu em defesa do pai. “Meu pai cuida dessa parte extracampo e tenho total confiança nele.”

Empresas da família de Neymar teriam sido utilizadas para burlar a aplicação correta dos impostos entre os anos de 2006 à 2013. A Neymar Sport e Marketing, N&N Consultoria Esportiva e Empresarial e a N&N Administração de Bens, Participações e Investimentos seriam as empresas envolvidas.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas