”Sonegômetro” mostra déficit R$ 400 bi em 2015

O Sonegômetro, marcando mais de R$ 400 bi de déficit, é um painel que mostra os valores astronômicos da sonegação fiscal no Brasil. Estará exposto na Esplanada dos Ministérios nesta quarta-feira (6), no cruzamento da L2 Norte com o Eixo Monumental, próximo ao Teatro Nacional, das 7h00 às 17 horas.

Trata-se de iniciativa do Sindicato dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz). O painel revela déficit de R$ 170 bilhões, previsto pelo governo interino de Michel Temer para 2016, seria equacionado com folga se os bilhões de impostos sonegados no país desde o início do ano fossem recuperados.

O Sinprofaz quer provocar a sociedade e os parlamentares do Congresso Nacional para debater a sonegação fiscal no Brasil e o prejuízo que recai sobre os cidadãos comuns e pequenos empresários.

Posicionada junto ao painel do Sonegômetro ficará a Lavanderia Brasil, uma máquina de lavar gigante que simboliza a lavagem de dinheiro no país.  

“Ao lançar mão da sonegação fiscal, os grandes empresários conseguem produtos e serviços mais baratos. O pequeno empresário é a vítima dessa realidade pois, além de não conseguir crescer, sofre com a concorrência desleal”, acentua o presidente do Sinprofaz, Achilles Frias. Ele comparecerá ao local da ação.