Cavendish, Carlos Cachoeira e outros na lista de presos da PF

Nada menos que R$ 370 milhões é o valor do golpe que está sendo investigado e que hoje provocou nova operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Velhos conhecidos do noticiário político estão na lista de alvos como o ex-presidente da construtora Delta, Fernando Cavendish, o bicheiro Carlos Augusto Ramos (Carlinhos Cachoeira) e o empresário Adir Assad, já condenado na operação Lava Jato.

Cavendish e Assad estariam no exterior e não foram localizados.

Cavendish foi considerado ousado pela mesma turma de empreiteiros que atualmente tem delação premiada na Lava Jato. Essa ousadia permitiu abocanhar muitos contratos do Minha Casa. Minha Vida e de ter uma relação muito próxima com o ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

Outros nomes: Cláudio Dias Abreu, ex-diretor regional da Delta no Centro-Oeste e Distrito Federal, e Marcelo José Abbud, o dono de empresas de fachada usadas no esquema de lavagem. 

Os envolvidos, “associados em quadrilha”, usaram empresas fantasmas para transferir milhares de reais, obtidos pela Delta por meio de crimes praticados contra a administração pública, para o pagamento de propina a agentes públicos.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas