Corrupção não tem ideologia, diz presidente da Transparência Internacional

O presidente da Transparência Internacional, José Carlos Ugaz, afirmou nesta segunda-feira (27), em Curitiba, que a Lava Jato tem de ir até onde indícios de corrupção levarem. Pouquíssimos países estão levando tão a sério a luta contra corrupção.

Para ele, os “investigados, quando têm cota de poder, tratarão de utilizá-lo alegando perseguição política. Mas isso ocorre de um e de outro lados”.

O representante da Transparência Interacional afirmou convicto de que a  “corrupção não tem distinção de ideologia. Parece-me mais discurso para a opinião pública, quando o que vemos é que se está fazendo justiça”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas