Câmara vai construir primeiro prédio do complexo “parlashopping”

Começa a sair da prancheta o Anexo 4B, que faz parte de projeto do complexo de ampliação da estrutura física da Câmara dos Deputados e que inclui o chamado “parlashopping”.

A obra tem custo estimado de R$ 320 milhões e previsão de quatro anos para conclusão, a partir da contratação.

A oficialização da construção do prédio que servirá aos gabinetes dos deputados será feita hoje à tarde, pelo primeiro-secretário da Mesa Diretora, deputado Beto Mansur (PRB-SP).

Assim, começa a sondagem de subsolo que irá viabilizar a construção do Anexo 4B.

De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara, esta fase preliminar que deve durar 50 dias, consiste em uma escavação profunda para prospecção do solo onde será construído o novo edifício.

O Anexo 4B consistirá em um edifício horizontal em concreto armado, com três pavimentos acima do solo, um pavimento inferior e seis subsolos.

O térreo do novo anexo contará com salas de reunião, áreas de apoio administrativo, 17 gabinetes e um grande auditório que poderá abrigar sessões do Congresso Nacional. O segundo pavimento abrigará outros 82 gabinetes; e o terceiro contará com restaurante e lanchonete. No pavimento inferior, haverá três auditórios menores, 24 gabinetes e áreas de apoio administrativo.

Os cinco primeiros subsolos terão duas mil vagas de estacionamento.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas