Cunha fica e elimina intermediários com a imprensa

Na entrevista que começou pontualmente às 11 horas, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que voltará a ter uma “rotina” de conversar com a imprensa para “se defender”, segundo ele.

Reclama que não tem sido ouvido e citou especificamente o Jornal Nacional. Segundo ele, a TV Globo já escalou até adversários dele como “repórteres adjuntos”. Logo depois, a Globo News deixou de transmitir ao vivo a entrevista.

Neste momento ele faz um pronunciamento, onde faz um histórico desde à época em que era oposição a Lula da Silva. Ele disse que há um “nítido cerceamento” de sua defesa. Cunha não vai renunciar à presidência da Câmara.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas