Senador diz que testemunhas de Dilma repetem “cantigas de grilo”

Preocupado com o prazo de conclusão do processo de impeachment na comissão especial, o senador José Medeiros (PSD-MT) disse que a defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, procura fazer chicanas jurídicas para atrasar o processo.

Assista o vídeo ao lado

A estratégia é do advogado José Eduardo Cardoso, que procurou trazer várias testemunhas de defesa para procrastinar a decisão e assim inviabilizar o cronograma.

“Defesa tem feito de tudo para fazer obstáculos.  A defesa arrolou uma enormidade de testemunhas, militantes na verdade. Hoje parecia uma cantiga de grilo, todos falando a mesma coisa”.

Mesmo com a estratégia que atrasar ao máximo o processo, o senador José Medeiros acredita que até o dia 20 de agosto o processo poderá ser votado. Mas acha que a volta de Dilma ao poder está vinculada ao desempenho da economia. Se ela for mal Dilma volta, acredita.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas