Tia Eron e Vladimir Costa definem cassação de Eduardo Cunha

Vladimir Costa (SD-PA) e Tia Eron (PRB-BA) definiram o destino do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara. Por 11 votos a 9, o relatório que orienta pela cassação do presidente afastado da Câmara foi aprovado no final da tarde de hoje.

Agora, Cunha tem cinco dias para apresentar a sua defesa antes do processo seguir para o plenário da Câmara. Estima-se que até o início de julho a quebra de decoro parlamentar de Cunha seja votado pelos demais 512 colegas.

O processo se arrastava desde novembro do ano passado, num dos mais complexos que existiram no Conselho.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas