Capriles pedirá apoio do Brasil para que Maduro respeite Constituição

O líder da oposição na Venezuela, Henrique Capriles, começou pelo Paraguai a sua viagem para pedir apoio à grave situação provocada pelo chavismo. Depois, seguiu para Buenos Aires, na Argentina.

E nesta terça Capriles está em Brasília, quando será recebido pelo chanceler José Serra.

Capriles disse que sua excursão-relâmpago não é uma reclamação frente à posição conciliadora de Buenos Aires com o governo de Nicolás Maduro.

Ele quer que na próxima semana seja debatido o relatório do secrertário-geral da OEA, Luís Almagro sobre os direitos humanos na Venezuela, a liberdade de presos políticos e o respeito à Constituição.

“Viemos para pedir que o Mercosul e a Unasul sejam firmes na defesa de que a Venezuela deve respeitar a Constituição. Maduro pretende bloquear a solução constitucional e é importante que a região saiba disso. Não estamos buscando a ingerência e nem que nenhum país se meta, mas sabemos que Maduro busca as instâncias internacionais para ganhar tempo”, disse Capriles, de acordo com o El Pais.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas