Ex-governador de MG morre e Temer diz que ele foi um pilar da democracia

Hélio Garcia foi um dos grandes pilares de Tancredo Neves na redemocratização do Brasil.

A afirmação é do presidente interino, Michel Temer que lamentou a morte dele. “Governador de Minas por duas vezes, encarnou o espírito da liberdade dos mineiros. Solidariedade aos amigos e à família neste momento”.

Ex-governador tinha fama de trabalhar pouco, mas montou uma grande equipe e seu governo era bem avaliado, segundo o jornalista Ancelmo Goias no Twitter.

A cerimônia de cremação está prevista para as 17h.

Hélio Garcia tinha 85 anos. Ele foi internado no Hospital da Unimed – unidade Contorno, em Belo Horizonte, no dia 28 de maio de 2016, com quadro de pneumonia comunitária grave, e faleceu nesta manhã, em decorrência de insuficiência respiratória, de acordo com a assessoria do hospital.

O velório do ex-governador ocorrerá no Cemitério e Crematório Parque da Colina, nesta segunda-feira, a partir das 14h. A cerimônia de cremação está prevista para as 17h.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas