Solução para a Previdência: combater a fraude e a sonegação

No encontro de quatro forças sindicais, em São Paulo, chegou à conclusão que não será necessário apresentar nova proposta para a reforma da Previdência Social. O que é necessário é refazer as contas, diz o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, João Batista Inocentini.

O articulista do Misto Brasília, Floriano Sá Neto, participou ontem do encontro com os sindicalistas.

“Como auditor-fiscal oriundo da Previdência Social sei que não há necessidade de restringir ainda mais o acesso aos benefícios da Previdência. Combater a sonegação, a fraude e melhorar a gestão do INSS produzem resultados imediatos”, garante Sá Neto.

No dia 10 de junho deverá haver um encontro entre representantes do governo e das forças sindicais para discutir a questão. Para o governo, a reforma da Previdência é questão de vida ou morte para as contas públicas.

Um documento com as avaliações feita pelas centrais será elaborado pelo Diesse. O texto será entregue no encontro do dia 10.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas