Defensores de Dilma aproveitam gravações de Renan

As voltas que o mundo dá, diria o caboclo esperto. As gravações que supostamente comprometem o presidente do Congresso, Renam Calheiros (PMDB-AL), estão sendo usadas pelos defensores de Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais.

São destacados fragmentos da conversa com Sérgio Machado para dar sustentação à tese de que o impeachment foi um golpe.

Como observa a jornalista Clara Fávila, “nas recentes conversas vazadas seletivamente, até Lula no contexto é golpista. “O tal acordão fracassado só não livraria a cara de Dilma”.

E ela observa que “os grampos provam uma coisa: a Lava Jato não é instrumento de perseguição ao PT ou ferramenta do golpe (delírio preferido do petismo)”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas