Tucano comanda agora a EBC, estatal da comunicação

Em meio a uma polêmica criada pela exoneração do jornalista Ricardo Melo da presidência da Empresa Brasil de Comunicação, a estatal passa a ter novo comando sob a responsabilidade de um ex-assessor do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

A posse do jornalista Laerte Rimoli foi hoje, ao lado da jornalista Cristiane Samarco, que será a diretora-geral.

A EBC reúne um conglomerado de veículos de comunicação a serviço do governo, que nos últimos meses passou a fazer campanha ostensiva a favor da presidente afastada Dilma Rousseff, inclusive na Voz do Brasil, programa obrigatório de rádio.

Não poderia, porque a empresa é pública e deve ter no mínimo a isenção que prega em seu estatuto aprovado pelo Congresso Nacional.

Já Ricardo Melo chora o leite derramado em ação judicial contra a sua exoneração. Pouco antes de deixar o exercício da presidência da República, Dilma lhe deu um mandato de quatro anos. Para quem ficou no meio do caminho por conta do impeachment, a saída foi ir à justiça. Enquanto isso, quem manda é o tucano Rimoli.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas