Restaurante alemão proíbe presenças de crianças

autor Misto Brasília

Postado em 19/08/2018 10:27:17 - 10:19:00


Decisão de fechar p restaurante para crianças foi recebida com ceticismo/Arquivo/Divulgação

Dono do local afirma que a medida não é contra as crianças, mas contra determinados pais

Um restaurante no balneário de Binz, na ilha alemã de Rügen, no Mar Báltico, decidiu proibir a entrada de crianças de até 14 anos a partir das 17 horas. "Já estávamos pensando nisso há bastante tempo", afirmou Rudolf Markl, dono do estabelecimento, chamado Oma's Küche (cozinha da vovó).

"Mas tem uma hora que chegamos a um limite e dizemos 'agora chega'", ressalta o comerciante, lembrando os inconvenientes já causados no lugar por menores no lugar.

O objetivo é evitar a repetição de situações vividas em que, segundo o proprietário, meninos e meninas "molestam os outros clientes, puxando a toalha das mesas e entornando taças de vinho”. O dono do local afirma que a medida não é contra as crianças, mas sim contra determinados pais, que não conseguem educar seus filhos e nem reagem quando os menores incomodam os outros vizinhos de mesa. "Eles se limitam a responder com um sorriso, continuam comendo e não se interessam", acrescenta Markl.

Lars Schwarz, presidente da associação hoteleira do estado em que está o restaurante, Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, se mostra cético com a medida, mas reconhece que os empresários têm o direito de decidir livremente quem aceitam ou não em seus estabelecimentos. (Da DW)


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +