Policiais do DF acusados de feminicídio serão acompanhados

autor Misto Brasília

Postado em 17/08/2018 16:49:24 - 16:41:00


No Distrito Federal houve aumento da violência contra a mulher, segundo a polícia/Arquivo

Convênio foi assinado nesta semana e o grupo piloto com seis pessoas já está sendo orientado

Policiais e bombeiros do Distrito Federal que respondem a processos judiciais no âmbito da Lei Maria da Penha, por envolvimento em episódios de violência contra mulher e crimes de feminicídio, passarão a ter acompanhamento de equipes multidisciplinares.

A Assessoria de Imprensa do TJ informou que programa piloto já está em andamento e prevê três etapas. A primeira se iniciou no primeiro semestre de 2018 e atendeu um grupo de cinco policiais militares e um bombeiro militar.

O programa conta com reuniões e dinâmicas de grupo com foco nas questões de gênero, no sistema de crenças e mitos, na comunicação não violenta e na auto-responsabilização, segundo um convênio firmado entre a Secretaria de Segurança e o Tribunal de Justiça do Distrito Federal.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +