Aumenta número de lojas, mas situação preocupa

autor Misto Brasília

Postado em 15/08/2018 16:28:46 - 16:25:00


Número de lojas abertas ainda é pequeno no primeiro semestre do ano/Arquivo

Confederação Nacional do Comércio que prevê a abertura de 5,2 mil novas lojas até o final do ano

O saldo entre aberturas e fechamentos de estabelecimentos comerciais com vínculo empregatício voltou a crescer entre janeiro e junho deste ano, com um incremento de 2.252 pontos de venda. A informação foi divulgada hoje (15) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que prevê a abertura de 5,2 mil novas lojas até o final do ano.

O número de lojas abertas ainda pequeno, no primeiro semestre do ano, na avaliação da entidade, se deve a incertezas do cenário político, que a instituição considera "um dos principais inibidores de investimentos”.

Para a confederação, mesmo no segundo semestre consecutivo de aumento e com o maior saldo semestral desde a segunda metade de 2013, quando foram abertas 16,7 mil lojas, “o tímido avanço expôs a perda de fôlego da economia e as incertezas quanto à materialização de investimentos por parte do setor”.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +