Papai depois dos 50

autor Misto Brasília

Postado em 12/08/2018 08:57:25 - 08:38:00


O cantor Mick Jagger é um exemplo de pai que teve filhos acima dos 50 anos/Arquivo/Divulgação

E exemplos não faltam como o vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, e o galã George Clooney

Texto de Mauren Xavier

“Rejuvenesci uns 10 anos", brinca o empresário Alcides Costa, 64 anos, ao se referir ao filho, Marcelo, de 10 anos. A constatação é compartilhada pelo também empresário Jacir Vanzetto, 57 anos, sobre o caçula Vicente, de 4.

Eles são exemplos que vão contra aquele pensamento de que ter filhos traz cabelos brancos, por causa da preocupação vinda com eles. Na prática, a paternidade depois dos 50 anos, e já com os cabelos grisalhos, pode provocar efeito contrário. 
Uma das justificativas pode ser a renovação do pique para acompanhar os pequenos, como nas brincadeiras e partidas de futebol.

“O Vicente me exige energia e preciso ter para jogar futebol, correr, brincar. Então tenho que estar preparado”, comenta Jacir. E o desejo de querer viver mais já provocou mudanças nos seus hábitos. Alguns bem visíveis, como os 15 quilos perdidos nos últimos meses. “O Vicente mudou a minha vida como não pensei que fosse possível. Ele me faz querer estar vivo para vê-lo crescer”, confessa.

Assim como Jacir, Alcides também reconhece essa mudança de perspectiva. “Ele me exige que fique saudável. É a renovação da vida. Estiquei um pouco mais a vida. Como Chico Anysio dizia ‘é um presente na prorrogação do segundo tempo’”, comenta ele, sem esconder que o sentimento inexorável da paternidade ainda mexe com as suas estruturas.

“Ser pai me trouxe a maior dor e a maior felicidade”, resume. Mesmo de maneira discreta, ele não consegue esconder o que fica visível pelos olhos marejados: a perda precoce do primogênito Roberto, que aos 23 anos, descobriu um tumor no cérebro.

Apesar da dor irreparável, que já carrega há alguns anos, quis a vida achar as suas maneiras para equilibrar o sofrimento por meio da alegria com os outros cinco filhos: Marcos Vinicius, 27, Patrycia e Cristyna (gêmeas), 23, Leonardo, 21, e Marcelo, 10. 
 
Enquanto Jacir e Alcides acumulam paternidades do passado e do presente, o major Alessandro Bernardes curtirá neste domingo, aos 45 anos, o primeiro Dia dos Pais ao lado do casal de gêmeos Cecília e Miguel Augusto, que nasceu no dia 19 de junho.

A chegada dos bebês foi toda planejada. Porém, mesmo assim, as surpresas vieram em dose dupla. “Brinco que meus pais (falecidos) não conversaram entre si e mandaram os dois bebês”, comemora, reconhecendo o desafio diário com os filhos, especialmente nas noites de sono, que se tornaram raras. Em compensação, diz que a dimensão do tempo mudou. “Às vezes estou olhando para eles e quando vejo foram só duas horas”, comenta.

A paternidade após os 50 anos não chega a ser uma novidade, uma vez que, diferente das mulheres, biologicamente, os homens seguem férteis por mais tempo.

E exemplos não faltam. O vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, tem oito filhos, sendo que o mais novo nasceu há dois anos, quando ele tinha 73 anos. O galã George Clooney tornou-se pai pela primeira vez aos 56, com o nascimento dos gêmeos Ella e Alexander. E o rol de personalidades que aderiram à paternidade na maturidade é grande.

Porém, a grande mudança está relacionada ao perfil do pai nos dias atuais. Em outras palavras, eles, independentemente da idade, estão e são mais participativos e querem estar presentes na vida dos filhos, como explica o psicólogo Diego Villas-Bôas.

“Essa mudança é recente. É uma demanda dos pais, mas também das mães, que têm uma vida profissional mais ativa. Então, não é mais aquela ‘ajudinha’, mas uma visão colaborativa”, explica. Outro ponto é a proximidade com o crescimento dos filhos, que em geral é maior do que a que eles tiveram com seus pais ou mesmo de seus primeiros filhos.

(Mauren Xavier é repórter do Correio do Povo, onde foi publicado originariamente esta reportagem)


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Pré-sal, royalties, precatórios e Jovem Senador são destaques do Plenário
Kajuru vai propor medidas para investigar a CBF
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
veja +