Começa festival que surgiu como resistência da Bósnia

autor Misto Brasília

Postado em 12/08/2018 07:53:12 - 07:45:00


Nuri Bilge Ceylan, diretor de cinema turco, foi homenageado no Festival de Serajero/Divulgação

Diretor do filme que recebeu o Oscar também está presente no festival que vai de Viena a Istambul

“Guerra Fria”, do diretor polonês ganhador do Oscar Pawel Pawlikowski, abriu o 24º Festival de Cinema de Sarajevo, a maior competição de cinema da indústria na região que se estende de Viena a Istambul. Estão em exibição mais de 200 filmes.

Criado em 1995 como ato de revolta durante o fim do cerco de 43 meses de forças bósnio-sérvias a Sarajevo, o festival se tornou um símbolo da sobrevivência cultural da capital bósnia, atraindo milhares de pessoas todos os anos.

Pawlikowski, que levou o prêmio de melhor diretor no Festival de Cinema de Cannes pela história de amor “Guerra Fria”, não é o único ganhador do Oscar presente no evento, com o cineasta e roteirista iraniano Asghar Farhadit, dono de duas estatuetas, presidindo seu júri internacional.

Um estudo independente da consultoria britânica Olsberg SPI disse que o Festival de Cinema de Sarajevo rendeu US$ 30,8 milhões para a economia da cidade no ano passado.


Fraga diz que haverá motim se for extinta Casa Militar no DF
Exército lembra Stan Lee em homenagem que fez aos soldados em 2016
veja +
Pode virar lei proposta que facilita concessão de benefícios a pessoas com lúpus ou epilepsia
Comissão de Agricultura aprova política de incentivo à produção de etanol
Escolas públicas podem ser obrigadas a exibir resultados no Ideb
veja +