Google e Microsoft mantém página acusada de venda de dados

autor Misto Brasília

Postado em 09/08/2018 20:10:35 - 20:07:00


Site está sendo investigado por supostamente vender dados de brasileiros/Arquivo

Ministério Público do Distrito Federal recomendou a retirada da URL, só atendida pela Yahoo

A Google e a Microsoft (responsável pelo Bing) se recusam retirar as citações do site “Tudo sobre todos”, segundo informou hoje à tarde o Ministério Público do Distrito Federal. A página permite a consulta e a venda dos dados pessoais de brasileiros, como nome, endereço, CPF, perfis em redes sociais e até nomes de vizinhos.

O promotor de justiça Frederico Meinberg disse que a Yahoo do Brasil aceitou a recomendação da Comissão de Proteção de Dados do Ministério Público, que abriu inquérito para investigar a página e solicitou aos principais buscadores de internet que retirassem a URL do site dos resultados das buscas. site já chegou a ser retirado do ar, mas opera hoje por meio de um domínio hospedado na Suécia.


Associação está preocupada com a proposta da previdência de capitalização
Bolsonaro diz que a reforma da Previdência é necessária
veja +
Deputados questionam propostas da Frente Parlamentar do Livre Mercado
Ibaneis diz que Brasília será um grande centro de distribuição para o Brasil
Senadores comentam crise no governo Bolsonaro
veja +