Google e Microsoft mantém página acusada de venda de dados

autor Misto Brasília

Postado em 09/08/2018 20:10:35 - 20:07:00


Site está sendo investigado por supostamente vender dados de brasileiros/Arquivo

Ministério Público do Distrito Federal recomendou a retirada da URL, só atendida pela Yahoo

A Google e a Microsoft (responsável pelo Bing) se recusam retirar as citações do site “Tudo sobre todos”, segundo informou hoje à tarde o Ministério Público do Distrito Federal. A página permite a consulta e a venda dos dados pessoais de brasileiros, como nome, endereço, CPF, perfis em redes sociais e até nomes de vizinhos.

O promotor de justiça Frederico Meinberg disse que a Yahoo do Brasil aceitou a recomendação da Comissão de Proteção de Dados do Ministério Público, que abriu inquérito para investigar a página e solicitou aos principais buscadores de internet que retirassem a URL do site dos resultados das buscas. site já chegou a ser retirado do ar, mas opera hoje por meio de um domínio hospedado na Suécia.


Relator sugere que pode mexer com a idade da aposentadoria rural
Secretário defende a aposentadoria rural na PEC da Reforma da Previdência
veja +
Recursos do antigo Fundef não devem ser usados no pagamento de professores
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
veja +