Festival de Brasília do Cinema divulga filmes selecionados

autor Misto Brasília

Postado em 08/08/2018 21:58:28 - 21:51:00


Secretário de Cultura Guilherme Reis e diretor Artístico, Eduardo Valente/ Rodrigues Pozzebom/EBC

Em dez dias do evento serão exibidos 120 títulos entre mostras competitivas, paralelas e especiais

O Festival de Brasília do Cinema Brasileiro divulgou hoje (8) os filmes selecionados para sua 51ª edição que acontece entre 14 e 23 de setembro. Serão exibidos mais de 120 títulos do cinema nacional entre mostras competitivas, paralelas e especiais.

Veja notícia também sobre o festival de teatro.

Para a disputa do Troféu Candango, foram inscritas 724 produções, das quais foram selecionados nove títulos de longa-metragem e 12 curtas-metragens. O longa-metragem escolhido pelo júri popular receberá o Prêmio Petrobras de Cinema, que consiste em R$ 200 mil em contratos de distribuição.

A medalha Paulo Emílio Salles Gomes, criada em 2016 para homenagear os grandes nomes do cinema brasileiro, será concedida ao crítico e professor de cinema Ismail Xavier e ao arquivista Walter Mello, um dos idealizadores do Festival de Brasília.

Além do prêmio, todos os filmes selecionados recebem cachês de seleção, distribuídos igualitariamente. Os longas-metragens selecionados recebem R$ 15 mil, cada; os longas-metragens participantes de sessões hours concours recebem R$ 10 mil; e os curtas-metragens recebem R$ 5 mil.

Longas documentário

Torre Das Donzelas, Susanna Lira (RJ),

Bixa Travesty, Claudia Priscilla e Kiko Goifman (SP);

Bloqueio, de Quentin Delaroche e Victória Álvares (PE);

Longas ficção

Ilha, Ary Rosa e Glenda Nicácio (BA);

Los Silencios, Beatriz Seigner (SP/Colômbia/França);

Luna, Cris Azzi (MG);

“New Life S.A.”, André Carvalheira (DF)

A Sombra do Pai, Gabriela Amaral Almeida (SP);

Temporada, André Novais Oliveira (MG). 

Curtas documentário

Liberdade, Pedro Nishi e Vinicius Silva (SP);

Sempre Verei Cores no seu Cinza, Anabela Roque (RJ)

Conte Isso Àqueles que Dizem que Fomos Derrotados, de Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito (PE) 

Curtas ficção

Aulas que matei, Amanda Devulsky e Pedro B. Garcia (DF);

Boca de Loba,  Bárbara Cabeça (CE);

BR3,  Bruno Ribeiro (RJ);

Eu, Minha Mãe e Wallace,  Irmãos Carvalho (RJ);

Kairo,  Fabio Rodrigo (SP);

Mesmo com Tanta Agonia,  Alice Andrade Drummond (SP);

Plano Controle,  Juliana Antunes (MG);

Reforma, de Fábio Leal (PE). 

Curta animação

Guaxuma,  Nara Normande (PE)


AO VIVO - Câmara Legislativa do DF
Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
veja +
Câmara aprova criação do Dia Nacional da Música e Viola Caipira
Saída de cubanos do programa Mais Médicos repercute na Câmara
Pré-sal, royalties, precatórios e Jovem Senador são destaques do Plenário
veja +