Diretor da Câmara é acusado de agredir policial legislativo

autor Misto Brasília

Postado em 07/08/2018 12:36:15 - 12:28:00


Entrada da Câmara pelo Anexo I onde teria ocorrido o entrevero entre servidores/Arquivo/Divulgação

Empurrões e socos teriam ocorrido no final do mês passado e registrados por 8 câmaras de vigilância

A direção da Câmara dos Deputados deverá apurar uma briga entre o diretor do Departamento de Polícia Legislativa (Depol), Paulo Deeter, e o servidor Welson Duarte, também policial legislativo. A agressão teria ocorrido no final do mês, mas só foi informado publicamente nesta terça-feira (07) através de uma postagem do Sindicato dos Servidores da Câmara (SindCâmara).

As informações parciais apuradas pelo site até agora indicam que Deeter teria solicitado a carteira de policial legislativo a Welson Duarte, hoje lotado numa das comissões permanentes da Câmara. Duarte também é o representante dos servidores no sindicato.

Houve uma discussão seguido de empurrões e ao tentar golpear o representante do sindicato, Deeter teria arranhado o pescoço do oponente com uma unhada. Duarte fez exames para comprovar a agressão.

O entrevero aconteceu na entrada do Anexo I, onde estão instaladas oito câmeras de vigilância. O caso foi denunciado na Ouvidoria, na presidência da Câmara e no Núcleo Investigação e Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público. Para o SindCâmara, “desgraçadamente, Paul Deeter não é o único na diretoria da Câmara que tem uma dimensão por demais miúda para a cadeira que ocupa”.

 


Presidente da Anfip diz que é preciso taxar os privilegiados
AO VIVO Radio 247 - Summer Music
veja +
CCJ aprova fim da isenção irrestrita de custas judiciais nos juizados especiais
Novos métodos para obtenção de provas do pacote anticrime dividem opiniões
Secretário diz que é preciso resolver "buraco estrutural" para gerar empregos
veja +