Defesa de Lula recua sobre suspensão de pena

autor Misto Brasília

Postado em 06/08/2018 18:07:37 - 18:04:00


Estratégia no STF pode ajudar Lula com o registro eleitoral no TSE/Arquivo

Advogados do ex-presidente avaliam que estratégia é adequada para ganhar tempo na justiça eleitoral

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, vai decidir sobre um pedido de desistência para o efeito suspensivo  da execução da pena do ex-presidente Lula da Silva (PT). O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região no caso tríplex. A suspensão teria impacto na liberdade e na inelegibilidade do petista.

O jornalista Márcio Falcão, do Jota, disse que o processo não deve mais ser levado a julgamento. Segundo três ministros do STF ouvidos reservadamente pelo site, uma questão processual pode prejudicar a manutenção do julgamento do pedido. Isso porque como a questão tem interesse apenas de uma pessoa, pode haver desistência, uma vez que a pessoa está abrindo mão de ver reconhecido o direito que pleiteava.

O recuo também favorece o ex-presidente Lula. Uma palavra final do Supremo neste momento sobre a inelegibilidade, em tese, encurtaria o caminho para o petista buscar na Justiça Eleitoral seu registro e conseguir ficar durante um período como candidato, ainda que sub judice, de acordo com Márcio Falcão.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +