Retomada investigação em oito processos da Caixa de Pandora

autor Misto Brasília

Postado em 02/08/2018 21:17:44 - 21:10:00


Paulo Octávio está na lista lista de investigados em oito processo da Caixa de Pandora/Arquivo

Procedimentos investigatórios tinham sido suspensos, mas decreto do STJ foi reavaliado por juiz

O juiz substituto da 7ª Vara Criminal de Brasília mandou retomar as investigações de oito processos da Operação Caixa de Pandora. No entendimento do magistrado, o decreto do Superior Tribunal de Justiça não ordena a paralisação dos processos até que as provas periciais sejam produzidas. A Caixa de Pandora foi deflagrada em novembro de 2009, após a gravação de vídeos com pagamentos de propina no que também foi conhecido como o "mensalão do DEM".

Um dos processos iniciado em abril de 2014 que apura corrupção ativa, envolve o ex-governador José Roberto Arruda, o ex-vice-governador Paulo Octávio Alves Pereira, o ex-delegado de polícia Durval Barbosa Rodrigues, José Geraldo Maciel, Fábio Simão, Omézio Ribeiro Pontes, Renato Araújo Malcotti, José Eustáquio Silva e Márcio Edvandro Rocha Machado.

Em outro, além de Paulo Octávio e Arruda, são investigados por corrupção passiva Durval, José Geraldo Maciel, Marcelo Carvalho de Oliveira, Ricardo Pinheio Penna, Roberto Eduardo Ventura Giffoni e Gilberto Batista de Lucena.

No terceiro também por corrupção passiva, são réus além dos principais investigados, figuram os nomes de José Geraldo Maciel, Marcelo Carvalho de Oliveira, José Luiz da Silva Valente, Adailton Barreto Rodrigues, Gibrail Nabih Gebrim, Fábio Simão, Alexandre Tavares de Assis e Masaya Kondo.

No quarto processo os réus são Paulo Octávio, Durval Barbosa, Marcelo Carvalho de Oliveira, José Geraldo Maciel, Luiz Paulo Costa Sampaio e Francisco Tony Brixi de Souza.

No quinto, novamente por corrupção passiva, estão relacionados, além de Arruda, Paulo Octávio e Durval e José Geraldo Maciel, figuram Marcelo Carvalho de Oliveira, Omezio Ribeiro Pontes, Marcelo Toledo Watson, Luiz Paulo Costa e Alessandro Queiroz.

No sexto, além dos nomes já relacionados, está Antônio Ricardo Sechis por corrupção passiva. No sétimo processo também é apurado corrupção passiva de Maria Cristina Bones Leo.

No oitavo, o crime que está sendo investigado é a de formação de quadrilha ou bando. Neste, estão relacionados 18 pessoas: José Roberto Arruda, Paulo Octávio, Arruda, Durval, José Geraldo, Fábio Simão, Ricardo Pinheiro Penna, José Luiz da Silva Valente, Roberto Eduardo Ventura, Omézio Ribeiro Pontes, Adailton Barreto Rodrigues, Gibrail Nagib Gebrin, Rodrigo Diniz Arantes, Luiz Cláudio Freire de Souza, Luiz Paulo Costa Sampaio, Marcelo Toledo Watson, Marcelo Carvalho de Oliveira, José Eustáquio de Oliveira, Márcio Edvandro Rocha e Renato Araújo Malcotti.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +