“Centrão” faz o dólar cair e a bolsa fechar em alta

autor Misto Brasília

Postado em 20/07/2018 19:02:26 - 18:57:00


Aparentemente o mercado financeiro reagiu com a movimentação do centrão/Arquivo

Reação do mercado financeiro foi positivo diante do cenário político e das ações da Petrobras

O dólar despencou e foi abaixo de R$ 3,80 nesta sexta-feira, com os investidores respirando mais aliviados diante da cena eleitoral doméstica e sob influência do exterior. O principal índice de ações da B3 fechou a sexta-feira em alta, apoiado nas ações de bancos e da estatal Petrobras, conforme as articulações no cenário político para as eleições presidenciais de outubro e o noticiário corporativo encorajaram o apetite por risco, descolando a bolsa brasileira do exterior.

Segundo operadores, o avanço da bolsa paulista nesta sexta-feira se deveu principalmente às notícias de que o grupo dos chamados partidos de "centro" formado por PP, DEM, PR, SD e PRB, conhecido como "blocão (ou centrão)", caminhava para apoiar o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

Já o dólar recuou 1,84%, a R$ 3,7739 na venda, acumulando retração de 2% na semana, a maior desde meados de fevereiro passado (-2,45%). Foi ainda a terceira semana consecutiva de baixa, período no qual acumulou perda de 2,67%. O dólar futuro tinha baixa de cerca de 1,50% no final da tarde, informou a Reuters.

Para o economista-chefe da Infinity Asset Management, Jason Vieira, essa negociação trouxe alívio ao investidor porque Alckmin é visto pelo mercado financeiro como um político mais comprometido com a agenda reformista, segundo registro do DCI.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +