Uma só canetada e 143 pedidos de Lula vão para o arquivo

autor Misto Brasília

Postado em 11/07/2018 16:53:48 - 16:49:00


Ministra Laurita Vaz é presidente do Suprior Tribunal de Justiça/Arquivo/EBC

Os habeas corpus em favor do ex-presidente encaminhados ao STJ eram todos padronizados

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, negou hoje (11), de uma só vez, 143 habeas corpus protocolados por terceiros desde domingo (8), pedindo a liberdade do ex-presidente Lula da Silva.

O repórter Daniel Adjuto, do SBT, explica que os HCs apresentados eram tipo formulário, com espaço em branco para preenchimento do autor. Um desses documentos foi assinado por um operador de empilhadeira.

Na decisão, Laurita criticou os pedidos, com redação padronizada com o subtítulo “Ato Popular 9 de julho de 2018 – Em defesa das garantias constitucionais”. As peças, segundo a ministra do STJ, não tinham “nenhum substrato jurídico adequado”, anotou a Agência Brasil.

A ministra entendeu que, apesar de ser garantido a qualquer pessoa o direito de protocolar habeas corpus, essa via processual não se presta a “atos populares”.


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +