Entidade dos policiais federais diz que está preocupada com a crise

autor Misto Brasília

Postado em 08/07/2018 19:41:35 - 19:38:00


Entidade que representa agentes a PF diz que categoria está envolvida em briga política/Arquivo

Lamenta que a categoria esteja submetida a conflitos judiciais atrelados a uma crise política

Com o diretor executivo da Polícia Federal ameaçado de prisão, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) resolveu se manifestar. Entidade disse em nota que acompanha com “preocupação” os acontecimentos desse domingo, provocado pelo alvará de soltura em favor de Lula da Silva. A Associação dos Delegados de Polícia Federal (APDF) ainda não se manifestou. Veja nota também da presidente do STF e do CNJ, Cármen Lúcia.

A nota da Fenapef

Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) acompanha com preocupação os acontecimentos deste domingo (8), após o desembargador plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Rogério Favreto, determinar a soltura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro.

A Fenapef lamenta que o órgão, que tem uma missão constitucional e exerce um papel técnico e isento em suas investigações, esteja submetida a conflitos judiciais atrelados a uma crise de origem política que geram grande insegurança jurídica e instabilidade institucional para o País.

No momento está configurado um conflito positivo de competência entre dois desembargadores do TRF4 e os policiais federais aguardam decisão final da Justiça para executar ou não o alvará de soltura, assim como ocorreu com o mandado de prisão, decretado em abril deste ano.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +