Toffoli arquiva investigação contra deputado tucano

autor Misto Brasília

Postado em 02/07/2018 19:01:51 - 19:00:00


Investigação contra Bruno Araújo foi aberto no ano passado após delação/Arquivo/Divulgação

Ministro do Supremo disse que não há indícios sobre crime de corrupção ativa e passiva

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu arquivar inquérito aberto contra o deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), que era investigado pelos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

A decisão foi assinada na sexta-feira (29) e divulgada hoje (2). Para o ministro, até o momento, não há indícios suficientes de provas para manter o andamento da investigação.  

O inquérito foi aberto em 2017 para apurar citações ao nome do parlamentar nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Obebrecht. Nos depoimentos, os delatores afirmaram que repassaram R$ 600 mil para as campanhas eleitorais de Bruno Araújo em 2010 e 2012. (Da ABr)

 


Orquestra de Brasília e o Coral 10 interpretam Cio da Terra
Governador do Pará diz que contas dos estados passarão por pente-fino
veja +
Proposta reserva vagas de instituições de ensino para pessoas com deficiência
Câmara analisa propostas para deduzir do IR despesas com remédios, óculos e próteses
Ibaneis disse que vai "colaborar" para a aprovação da reforma previdenciária
veja +