Médica suspeita de matar filho de 3 anos por overdose

autor Misto Brasília

Postado em 28/06/2018 10:51:01 - 10:50:00


Médica está sob escolta da Polícia Civil no Instituto Hospital de Base/Arquivo

Caso está sendo investigado pela polícia do DF que mantém a mãe sob custódia em hospital

Está sob vigilância da Polícia Civil do Distrito Federal na unidade de psiquiatria do Instituto Hospital de Base, uma médica acusada de matar o próprio filho de três anos. Ao lado do corpo da criança foram encontrados diversos remédios que sugerem que a mãe tenha provocado uma overdose.

A médica teria tentado o suicídio logo após, mas foi atendida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) no fim da tarde de ontem, mas o caso só chegou ao conhecimento público nesta manhã. A ocorrência foi registrada na Quadra 210 Sul, no bloco J. Segundo se informou, a criança também chegou a ser atendida e levada para o Hospital da Criança, mas não resistiu. A vítima foi levada ao hospital por um morador, junto com a mãe e a avó.

O pai da criança (nenhum dos nomes foi divulgado) se mostrou abalado com a ocorrência. Ele prestou depoimento nesta madrugada na primeira delegacia de Polícia da Asa Sul, onde o caso está sendo investigado. Pelas informações até agora repassadas, a médica teria tido um surto psicótico.


Governador do Piauí diz que Brasil precisa crescer independente da Previdência
Bolsonaro diz que pretende acabar com radares móveis nas rodovias
veja +
Bolsonaro diz no Nordeste que governadores devem apoiar a reforma da Previdência
Relator do grupo de trabalho anticrime defende endurecimento da lei penal
Deputados querem que combate ao câncer priorize o diagnóstico precoce
veja +