Dirceu está solto, mas tem que usar tornozeleira

autor Misto Brasília

Postado em 27/06/2018 14:37:10 - 14:32:00


José Dirceu, do PT, foi condenado a 30 anos de prisão/Arquivo

Condenado a três décadas de prisão, ex-ministro tem cinco dias para se apresentar em Curitiba

A Justiça do Distrito Federal determinou hoje (27) que o ex-ministro José Dirceu compareça à 13ª Vara Federal em Curitiba, comanda pelo juiz Sérgio Moro, para colocar tornozeleira eletrônica. A medida foi tomada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que concedeu liberdade a Dirceu.

Ele deverá se apresentar à 13ª Vara Federal de Curitiba em até cinco dias, contados a partir desta quarta-feira, segundo informou a ABr.

Na decisão, a Vara de Execuções Penais Na decisão, (VEP) entendeu que, com a decisão do STF, o ex-ministro volta a cumprir medidas cautelares diversas da prisão, como o uso de tornozeleira eletrônica, situação em que estava antes da decisão que o beneficiou.

Na sessão de ontem, a Segunda Turma da Corte decidiu suspender a execução da condenação José Dirceu a 30 anos de prisão na Operação Lava Jato. Com a decisão, Dirceu foi solto nesta madrugada e está em seu apartamento, em Brasília.


Temer diz em pronunciamento que torce pelo novo presidente
Governadores eleitos e reeleitos entregam carta a Bolsonaro
veja +
Universidades apoiam criação de fundo patrimonial, mas criticam trechos da MP 851
Comissão aprova isenção de IPVA a ex-proprietário de veículo
Excesso de peso em bagagens no transporte aéreo pode ter novas regras
veja +