Europeus se negam a parabenizar presidente turco

autor Misto Brasília

Postado em 25/06/2018 19:20:43 - 19:17:00


Erdogan venceu as eleições no domingo e obteve poder total na Turquia/Reprodução

Observadores da OSCE disseram que a oposição foi prejudicada durante a campanha

A União Europeia (UE) se recusou nesta segunda-feira (25) a parabenizar o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, por sua reeleição, ecoando a avaliação da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) de que o processo eleitoral não foi inteiramente justo.

Mais cedo nesta segunda-feira, observadores internacionais da OSCE emitiram um parecer concluindo que os partidos de oposição ao presidente não tiveram as mesmas condições de campanha durante a corrida eleitoral na Turquia, cujo resultado deu a Erdigan poderes executivos totais.

"As eleições foram marcadas pela falta de igualdade de condições [entre os candidatos]", afirmou o coordenador da missão de observadores da OSCE, o deputado espanhol Ignacio Sánchez Amor, acrescentando que isso impediu que as eleições se adequassem aos padrões democráticos.