Times sul-americanos penam na Copa da Rússia

autor Misto Brasília

Postado em 24/06/2018 20:40:48 - 20:30:00


O meia argentino Javier Mascherano durante treino do time na Rússia/Dvulgação

Com mais de metade da fase de grupos concluída, as equipes sul-americanas já perderam quatro partida

Três seleções sul-americanas representam quase a metade dos títulos da Copa do Mundo, mas seu pior desempenho em mundiais desde 2002 levanta a questão: estaria o futebol sul-americano em declínio? pergunta Andrew Downie, da Reuters. Veja a pontuação dos times em todos os grupos até este domingo (24) à noite. No Grupo E o Brasil e a Suíça dividem a primeira colocação com quatro pontos.

Com mais de metade da fase de grupos concluída, as equipes sul-americanas já perderam quatro partidas, número maior do que em todas as primeiras fases das últimas três Copas.  Entre as cinco seleções sul-americanas na Rússia, apenas Brasil e Uruguai ainda não foram derrotados. 

O Peru já está eliminado após perder seus dois primeiros jogos, enquanto a Argentina e a Colômbia terão caminhos difíceis para se classificarem para a próxima fase. As seleções sul-americanas têm sofrido, principalmente o Peru, cuja série de duas derrotas em duas partidas talvez seja um sinal da ausência de 36 anos em Copas do Mundo

A Argentina, que perdeu a final para a Alemanha há quatro anos, foi destruída pela Croácia por 3 x 0 e não passou do empate por 1 x 1 contra a Islândia. A Colômbia foi batida pelo Japão por 2 x 1. Veja as estatísticas até agora da Copa do Mundo da Rússia.

As derrotas podem representar a situação caótica das ligas domésticas sul-americanas. Mas poderiam dizer mais sobre ascensão dos países em desenvolvimento do que sobre a queda da América do Sul.


General nega que Michele Bolsonaro mandou tirar obras sacras do Alvorada
Incêndio atinge a Refinaria de Manguinhos (RJ)
veja +
Governador eleito do DF Ibaneis Rocha diz que não tem nenhum tipo de surpresa
Congresso deve votar Orçamento de 2019 nesta semana
Aprovado orçamento de 2019 com reajuste para agentes comunitários
veja +